LAB - PROFISSIONAL

Papel Fotográfico

Revelação em papel fotográfico Fujicolor Crystal Archive Type II, do tamanho 2x2cm até 61x250cm em pequenas ou grandes quantidades.

Digitalização de Negativos

Revelação e digitalização de negativos, 110mm, 120mm, 126mm, 135mm, 135mm Half e Monóculos.

Impressão Gráfica

Impressão à Laser em papel couchê gramatura 180 ou 250. Folders, livretos, cartão de visita, calendários, serviços de gráfica rápida em geral.

Revelação

Papel Fotográfico

O papel utilizado no processo de revelação possui uma camada especial contendo cristais de haleto de prata que são sensíveis à luz. Quando o papel é colocado dentro da reveladora, Lasers (RGB) disparam sore ele gravando a imagem nos cristais. O processo de revelação se inicia com o papel recém gravado mergulhando em uma série de tanques contendo químicos especiais: O primeiro contendo o Revelador, inicia a reação dos cristais que foram expostos aos lasers. O segundo tanque contendo o Branqueador e Fixador, neutraliza a reação iniciada no primeiro tanque e realça as tonalidades mais claras. O terceiro tanque, contendo o estabilizador, elimina os cristais que não sofreram reação. Ao sair do último tanque, o papel é secado e temos fotografia revelada no papel.

Filme Fotográfico

O processo de revelação do Filme é basicamente o mesmo do papel fotográfico. A principal diferença aqui é que a luz que grava a imagem no filme, é a mesma que foi capturada pela câmera no momento em que a foto foi tirada, com isso, cada foto gravada no filme é uma chapa de negativo. O Negativo é a imagem real com as cores invertidas. para digitalizar a foto gravada no filme, um scanner especial digitaliza o negativo e reverte as cores para o positivo criando uma fotografia como a conhecemos.

Impressão Gráfica

Impressão a Laser

Apesar do nome, o laser não grava a imagem diretamente no papel, como no processo de revelação. Aqui o processo de impressão começa com o Laser disparando contra cilindros metálicos carregados eletricamente. As áreas dos cilindros atingidas pelo laser mudam do polo positivo para o negativo gerando um campo magnético. Os toners (CMYK) são atraídos pelo magnetismo e se prendem a essas áreas com polo negativo.
Quando a folha de papel passa por esses cilindros, o toner é transferido para o papel formando uma fina camada na sua superfície. Por fim a folha passa por um cilindro de borracha com alta temperatura o que causa a fusão da camada de toner com a folha, selando a impressão.

Impressão Frente e Verso

Os termos 1×0, 4×0, 1×1, 4×1 e 4×4 nada mais são do que a relação entre o número de toners (CMYK) aplicados sobre cada lado da folha. Por exemplo, uma impressão preto e branco somente na frente da folha é uma impressão 1×0 porque será aplicado “um” toner preto(K) na frente e “zero” toner no verso. Se fosse impressão preto e branco frente e verso seria 1×1. Uma impressão colorida na frente da folha é uma impressão 4×0 porque serão aplicados “quatro” toners na frente e “zero” toner no verso. Se fosse frente e verso, seria uma impressão 4×4.
Uma impressão 4×1 é uma impressão colorida na frente e preto e branco no verso.